TSE mostra a cara e o porrete

O Tribunal Superior Eleitora – TSE – mostrou que não vai estar para brincadeira na eleição de outubro vindouro.

Assisti agora à noite os ministros da Cortes julgarem procedente, por unanimidade, a representação do PSDB  que acusava de ilegal a propaganda partidária do Partido dos Trabalhoores. Os votos foram contundentes.

O relator, ministro Aldir Passarinho Junior, entendeu que o PT usou o espaço para “promoção pessoal” da pré-candidata do partido à Presidência da República, Dilma Rousseff.

A Ministra Carmen Lucia ironizou: a propaganda do PT não foi subliminar; foi liminar.

A fala mais contundente partiu do ministro Marco Aurélio. Disse o Ministro que nos quase 20 anos de Tribunal Superior e 2 eleições presididas, jamais tinha se deparado com propaganda antecipada tão escancarada.

A decisão suspende o direito de propaganda partidária do PT para o primeiro semestre de 2011 e aplica multa de R$ 20 mil ao PT e de R$ 5 mil à Dilma Roussef

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Seja o primeiro a classificar este post)

Se você gostou deste post ou não, por favor considere escrever um comentário ou participe do nosso RSS feed para ter futuros artigos entregues ao seu leitor de feeds.

6 Comments

Escreva um Comentário