Arquivo para junho de 2007

ALEGRIA E TRISTEZA DE UM JUIZ DO INTERIOR

O juiz de Direito tem de ter sensibilidade e humanismo. Há, é certo, os que não têm tais apanágios. Estes não são, obviamente, juízes vocacionados. São apenas investidos no cargo por obrigação. Agora, juiz de Direito, mas juiz mesmo, é aquele que olha com olhos de ver. É aquele interessado na distribuição da justiça. É aquele que quer conhecer a comunidade na qual exerce a judicatura. É aquele que quando vai embora de uma cidade, sempre promovido, deixa a população com lágrimas nos olhos.

Clique aqui para acessar o site Migalhas e leia o comovente comentário de Mário Marcio de Almeida Souza, juiz de direito no interior do Maranhão, de como é a vida de um magistrado no interior.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Seja o primeiro a classificar este post)

Disk 190 VIP


Quem já experimentou acionar o número 190, linha direta com a polícia militar, decepcionou-se, com certeza. Uma hora não dispõem de vitura, noutra nem sinal da polícia militar e, não muito raro, o contato telefônico nem é estabelecido.< Essa não parece ser a dificuldade do comerciante Orisvaldo Pantoja. Vítima de um furto (quatro pneus), a esposa do comerciante telefonou para o oficial da Polícia Militar Aroldo Ribeiro e este, diligentemente, acionou um oficial subalterno que providenciou o deslocamento de uma viatura com o objetivo de localizar os suspeitos. Resultado: populares presenciaram a prisão dos dois suspeitos (sem flagrante e sem ordem judicial) e, posteriormente, eles apareceram "desovados" num varadouro, com os corpos crivados de bala e marcas de tortura. Deu vontade de apelar, aqui, ao Tenente-Coronel Aroldo, para disponibilizar o seu telefone à população amazonense. Afinal, nunca se viu tamanha presteza num fato dessa natureza. Mas, depois fiquei a pensar: vai que os subordinados do Tenente-Coronel se excedam novamente.... (Clique na imagem para ver a notícia ampliada, publicada no jornal A Crítica, edição de 21.06.07).

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Seja o primeiro a classificar este post)

MÚSICAS DA SEMANA: UM POUCO DE TUDO

Contrabalançando as agruras da semana, o player abaixo contém 05 canções preparadas para o final-de-semana que já se aproxima.A primeira, Sexual Healing, sucesso original de Marvin Gaye, interpretada por Sarah Connor.

Depois, 9 Crimes, canção inclusa no album do mesmo nome, gravado por Damien Rice. Atente para a melancolia da voz de Damien Rice, aqui em dueto com Lisa Hannigan, (parceira também do primeiro disco). O vocal de Damien é de uma tristeza incomensurável, emociona porque é lacrimoso. Para quem nunca ouviu falar de Damien Rice, ele ganhou uma superexposição com o sad hit The Blower’s Daughter, que virou trilha sonora do filme Closer e ganhou duas versões brasileiras, uma de Zélia Duncan, com interpretação de Simone e outra de Ana Carolina e Seu Jorge.

A terceira canção é a conhecidissima I Will Survive, megasucesso de Gloria Gaynor, mas, aqui, cantada por nada mais nada menos que Diana Ross. Ficou muito bom.

A penúltima se chama Eye in The Sky, na voz de uma cantora chamada Noa, nascida em Israel. Linda a introdução da canção: “Don’t think sorry’s easily said / Don’t try turning tables instead…”Por fim, em homenagem ao senador Renan Calheiros e ao meu amigo Leoney, um brega clássico: Peguei no Flagra. Quem canta é Genival Santos (não tenho maiores informações sobre a figura). Repare na pronúncia do vocábulo “flagra”, logo na primeira estrofe: “eu lhe peguei no fraga…”. É sério.

Boa audição.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Seja o primeiro a classificar este post)

VERDADE VERDADEIRA

Ainda da reunião do Conselho de Etica, algumas coisas se aproveitam: o senador Sérgio Guerra, PSB-PE falou uma verdade: até agora, o Conselho nada investigou: todas as investigações foram conduzidas pela imprensa. Ainda fez gracinha com o relator Wellington Salgado.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Seja o primeiro a classificar este post)

DEU PITI (COMPLEMENTADO)

Estou a assistir pela BandNews a reunião do Conselho de Ética do Senado Federal. Trata-se de forte concorrente ao programa Zorra Total.

O presidente Sibá Machado (PT-AC) propõe que não se vote hoje coisa alguma ali.

Depois de ouvir a sugestão de Sibá, o espalhafatoso senador Wellington Salgado deu piti: disse que largará a relatoria do Caso Renan se o Conselho recusar votar o relatório do enfermo Epitácio Cafeteira (PTB-MA) com um aditivo de autoria dele.

O Senador Salgado ostenta uma insólita cabeleira (veja a foto), mas é mais conhecido por suas extravagantes posições: disse que se sentia constrangido ao fazer xixi, pois cada vez que vertia urina, gastava 5 litros de água para se livrar do xixi. Mas o cúmulo ocorreu na CPI do apagão aéreo: sugeriu a reconstituição do acidente com o avião da Gol

E mais um pormenor: assim como o presidente do Conselho, Wellington Salgado não tem um voto. É suplente de Hélio Costa, atual ministro das comunicações.

PS. E o piti do senador se confirmou: renunicou à relatoria recém assumida. Vai ficar conhecido como Wellington, o Breve. Enquanto isso, Renan foi para o dendê.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Seja o primeiro a classificar este post)