Arquivo para maio de 2007

A CULPA É DO MORDOMO

Eu sei que corro o risco de postar piada requentada, quando o material já foi publicado no kibeloco. Mas o sarro com a situação vivenciada pelo Senador Renan Calheiros foi tão espirituoso que eu não resisti…

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Seja o primeiro a classificar este post)

CARA DE PAU

Será que se alguem ligar, ouvirá… “Disk-aborto, às ordens…”

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Seja o primeiro a classificar este post)

ESPECIALISTAS RECOMENDA CERVEJA REIDRATAR ORGANISMO


A ingestão moderada de cerveja após o exercício físico favorece a reidratação dos atletas sem prejudicar suas capacidades psicocognitivas, segundo estudos de especialistas em nutrição.

A conclusão, que pode parecer um contra-senso, foi apresentada nesta terça-feira por seus autores em um simpósio realizado em Granada, sul da Espanha, com o tema “Cerveja, Esporte e Saúde”.

A recomendação foi incluir cerveja na dieta diária dos atletas. Os especialistas ressaltaram as propriedades antioxidantes da bebida, que também favorece o sistema cardiovascular.

Para quem tenta abandonar o vício, tudo conspira…

Fonte: Folha Online

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Seja o primeiro a classificar este post)

MÚSICA DO DIA


“Forever Young” foi gravada originariamente por uma banda chamada Alphaville, cuja história teve início nos anos 70 na cidade de Enger, Alemanha.

O sucesso do grupo somente ocorreu em 1981, quando foram lançadas os megahits “Big in Japan” e “Forever Young”. O auge do Alphaville foi em 1984.

A versão disponibilizada no player é cantada por um casal de crianças, não identificado nos créditos do CD.

A interpretação do casal e o arranjo mais suave, dão um toque diferente à canção.

Click no player duas vezes para ouvir “Forever Young”.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Seja o primeiro a classificar este post)

QUANTO VALE UMA VIDA?


É plausível a preocupação de uma empresa concessionária de serviço público preservar seu patrimônio, mas da maneira como os postes de energia elétrica, localizados na avenida Efigênio Sales (trecho em frente ao condomínio do mesmo nome) foram “protegidos”, testemunhamos uma inaceitável inversão de valores, onde um tubo de concreto e ferro ganha maior importância que a vida humana.

Somente numa cidade desprovida de política de planjamento urbano é que se permitiria a construção dessa barreira de concreto, rente ao meio-fio (como se pode constatar na fotografia acima), a colocar em risco a vida dos motoristas e passageiros que trafegam por aquela artéria.

E mais: os pedestres também são relegados a um segundo plano, pois impedidos de utilizar a calçada livremente.

Fico a pensar que nós, cidadãos, somos apenas um detalhe.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Seja o primeiro a classificar este post)